top of page

Criptos Ainda Desvalorizando – Até Onde Vai essa Correção?



Chegamos a mais uma semana e apesar de as moedas estarem bem paradas, aliás, perdendo algum valor, ainda podemos acreditar que tudo se trata apenas de uma correção, esse é o cenário mais provável. Das criptos analisadas aqui hoje, há 3 que já estão em regiões de suportes para oportunidades de compra, e quero analisar cada uma com você. Além disso, vamos ver quais as notícias que mais tiveram destaque de cada uma das moedas. Espero que goste.

 

Especular com a variação das criptomoedas é o que traders fazem, e operar diversos instrumentos financeiros através de CFDs é o que permite essa atividade ser simples, sem burocracia, ainda mais com moedas digitais. Na Vantage você pode fazer testes e verificar como é operar os CFDs. Se ainda não tem conta demo aqui na Vantage, acesse pelo link abaixo, crie uma de forma simples, e você já poderá inclusive testar a análise e as verificações que fazemos regularmente aqui.


 

Precisa de uma conta para operar CFDs de Criptomoedas, sem precisar negociar as criptos em si? Ou ativos como dólar/real, mini-índice Bovespa, com depósitos por PIX, e taxas realmente diferenciadas? Abra uma conta na Vantage Markets pelo link abaixo e comece a operar hoje mesmo


 

 

Pontos de Discussão - Criptomoedas

 

Bitcoin

 

Bitcoin caiu -3,40% na semana passada, e também perdeu em capitalização de mercado, -3,37%. Os bitcoins em circulação terminaram a semana valendo US$ 826.7 bilhões de dólares, 28.79 bilhões a menos que na semana anterior. Com essa queda na cotação da moeda, o volume negociado do BTC da semana passada foi de aproximadamente US$ 164.8 bilhões, um volume 13,58% inferior em relação à movimentação anterior.

 

Nas últimas semanas, houve um aumento nas reuniões entre os gestores de ativos e a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos (SEC), com a equipe liderada por Gary Gensler encontrando-se com representantes da BlackRock e Hashdex. A SEC conduziu uma nova série de discussões com gestores que solicitaram aprovação para lançar um Exchange-Traded Fund (ETF) de Bitcoin, desta vez com a participação de funcionários do escritório de Gary Gensler. Com base em documentos judiciais, a SEC recebeu representantes da BlackRock em 14/Dez/2023 para discutir uma proposta de mudança de regra que permitiria a negociação do veículo de investimento em criptomoedas nas principais bolsas. Esta é a terceira reunião entre a BlackRock e a SEC para analisar o pedido.

 

Diversos grandes gestores de ativos como Invesco, Fidelity, WisdomTree, BlackRock e Grayscale estão planejando o lançamento de ETFs de Bitcoin no mercado à vista. Apesar das negativas anteriores da SEC a propostas semelhantes ao longo dos anos, o regulador está adiando suas próximas decisões para o início do próximo mês, coincidindo com o vencimento dos prazos para a maioria dos requerentes. Se aprovado, o Bitcoin será negociado nas principais bolsas de Wall Street, tornando a criptomoeda acessível a um público mais amplo de investidores respaldado pelas maiores empresas de investimento do mundo. Em caso de negação, é provável que os gestores de investimentos apelarão da decisão, prolongando ainda mais a espera.

 

Ah, é sempre bom lembrar que está previsto para 2024 o próximo Halving do BTC, e você pode entender mais sobre esse processo em uma análise anterior.

 

Verificando a movimentação do preço, quando o Bitcoin passou dos US$ 44k, logo em seguida retornou forte para baixo dos 43 mil dólares, e assim ficou a semana passada inteira. Ainda podemos ver que houve uma tentativa de voltar para cima dos US$ 43k, mas sem sucesso. Repare na imagem do gráfico Diário mais abaixo como o preço tentou encontrar o nível de US$ 40,000.00, mas não chegou a encostar por ali. Assim, ficou uma forte indecisão no preço do BTC, ou seja, nem conseguiu se manter acima da resistência, mas também não testou o suporte dos 40k.

 

Para essa semana minha visão do Bitcoin é que as melhores oportunidades estão exatamente no suporte que o preço tentou alcançar e não conseguiu, isto é, se o BTC cair até US$ 40,000, então justamente por ali novas possibilidades de compras estarão no páreo. Antes dessa baixa da principal criptomoeda, eu já vinha mostrando que esses eram os melhores níveis de possíveis compras, veja aqui.


 

Muita gente desconhece a alavancagem da forma como deveria ser utilizada. É comum ouvir as pessoas falando que "é arriscado operar alavancado", mas o que muita gente não sabe é que sem alavancagem o trader não aproveita todo o potencial do mercado de CFDs.


Há mais de 5 anos eu venho ensinando como usar todo o potencial dessa ferramenta, e você pode aprender a utilizar a alavancagem desde o básico até o nível avançado, protegendo seu patrimônio, além de buscar GANHOS DUPLICADOS! Conheça meu Curso único na internet:


 

Agora segue a continuação do artigo de hoje...



Um pouco mais abaixo temos outra boa região de liquidez, US$ 38,000.00 dólares, e que também pode servir de base para compras. Para operações de swing ou de position trading no BTC, entendo que stops abaixo de US$ 38k são mais plausíveis, e alvos por volta de US$ 47,500.00 se mostram os mais interessantes. Para trades de curto prazo, por outro lado, entradas em US$ 40k, com stops ligeiramente abaixo dessa região, e alvos em US$ 42k e 44k, parecem ser as melhores opções.

 

Fique atento a possíveis rebaixamentos do Bitcoin para abaixo de 38k, pois se o preço cair também além de US$ 36,000.00, poderemos estar diante de uma grande pausa na alta recente de criptomoeda.

 

Gráfico BTC – Gráfico Diário


Ethereum

 

-4,89% foi a desvalorização da Ethereum na semana passada. A capitalização de mercado da moeda caiu (também) -4,89%, e agora a ETH tem US$ 267.68 bilhões de dólares circulando, 13.76 bilhões a menos que na semana anterior. O volume negociado da Ethereum na semana passada foi de US$ 79.06 bilhões, cerca de 12,64% a menos que a movimentação dos últimos 7 dias.

 

No dia 15 de Dezembro soubemos que a Proposta de Melhoria Ethereum ERC-3643 (EIP) foi oficialmente aprovada pela comunidade Ethereum, consolidando-se como um padrão reconhecido para a tokenização de ativos do mundo real (RWAs) em conformidade com as regulamentações. Esse processo está sendo analisado por diversas empresas convencionais e nativas do universo das criptos como uma das principais correntes em matéria financeira. Empresas de destaque que estão investigando essa tecnologia englobam JPMorgan, Goldman Sachs e Societe Generale.

 

Apesar da desvalorização da Ethereum, como vimos, o preço está nesse momento em seu melhor ponto para oportunidades de compra, tanto de curto prazo como de swing trading, ou mesmo para posicionamentos mais longos. Verifique na imagem do gráfico Diário mais abaixo, como os melhores níveis de Fibonacci da impulsão mais recente, isto é, 50 a 61,8%, estão sendo testados agora mesmo. Além disso, a região em que o preço está já foi uma forte resistência abril e novembro desse ano, e assim tende a segurar o preço, muito provavelmente levando-o para cima novamente.

 

No gráfico de 4 horas da Ethereum, uma perspectiva de curto prazo nos mostra que possibilidades de trades a partir de US$ 2,130.00, com alvos até US$ 2,300.00, estão bem na fita.  Uma divergência de alta no MACD do H4 já é um forte indicativo de que uma impulsão de alta, ainda que mínima, tende a vir nos próximos dias. Caso o preço caia e venha testar o suporte em US$ 2,000.00 por Ethereum, a moeda pode valorizar ainda mais, e chegar a ser cotada em US$ 2,500.00, alvo 3 marcado na imagem.

 

O contexto perigoso é se o preço da ETH cair abaixo de US$ 2,000.00, pois assim teríamos uma forte perda de valor da moeda, e ela tenderia a desvalorizar ainda mais. Por isso, independente do sinal ou estratégia utilizada, verifique sempre boas regiões para posicionamento de stop loss, especialmente para trades.

 

Gráfico ETH – Gráfico Diário

Gráfico ETH - Gráfico de 4 Horas

 

XRP

 

Com uma forte baixa de -5,93% na semana passada, a XRP perdeu boa parte da subida da semana retrasada. Nesse mesmo período a sua capitalização de mercado teve -5,83% de queda. A XRP diminuiu sua capitalização para US$ 33.47 bilhões de dólares circulando, 2 bi a mais que antes. O volume negociado da moeda na semana passada foi de US$ 10.03 bilhões, quase 19,11% a menos em relação aos últimos 7 dias.

 

Uma notícia recente e positiva para a moeda, que têm gerado bastante atenção,  foi que o Departamento de Finanças de Palau, país da Oceania, anunciou oficialmente o início da segunda etapa do seu projeto Palau Stablecoin (PSC). Já tinha sido divulgado o êxito da fase inicial do programa PSC em 7 de dezembro, e trouxemos mais explicações nesse artigo. Palau tem o objetivo de ampliar sua colaboração com a Ripple nessa segunda fase, permitindo que a equipe do PSC utilize a moeda digital do banco central da Ripple (Central Bank Digital Currency - CBDC) e sua expertise técnica. O PSC é uma criptomoeda vinculada ao dólar dos Estados Unidos, operando na plataforma XRP Ledger da Ripple. Os habitantes de Palau têm a capacidade de realizar transações off-line por meio de uma moeda digital baseada em blockchain, como o PSC, mesmo durante interrupções de energia.

 

Se você analisar bem a movimentação no gráfico Diário, há semanas a XRP está com severas dificuldades de voltar a engatar uma alta, e parece que as vezes em que a moeda da Ripple valoriza são extremamente mais escassas, apesar de fortíssimas. Assim, parece-nos que o preço fica entre fortes especulações, e longas estagnações. Mesmo assim, não podemos deixar de conferir e analisar a partir de quais pontos tais movimentações tendem a acontecer, afinal, boa parte das vezes em que o preço de um ativo impulsiona, e a XRP não fica muito diferente disso, a explosão tende a vir de pontos de suporte.

 

Veja na imagem da XRP gráfico D1 mais abaixo que o preço está exatamente em cima de um suporte significativo, US$ 0.5800, como já havíamos estudado aqui. Esse nível também é a base de uma consolidação triangular, e espera-se que ao menos uma impulsão até por volta de US$ 0.6500 aconteça nos próximos dias. Dessa forma, é interessante avaliar a possibilidades de entradas mais curtas, e assim, uma subida inicial já pode trazer algum lucro; caso venha uma explosão de movimento rompendo a consolidação triangular, isso geraria ainda mais ganhos.

 

Gráfico XRP – Gráfico Diário

 

Litecoin

 

A LTC desvalorizou -5,44% na semana passada. A capitalização de mercado da Litecoin teve uma piora de -5,40% em relação ao final da outra semana. Agora a LTC tem US$ 5.33 bilhões de dólares circulando, 304 milhões a menos que na semana anterior. O volume de negociação foi de aproximadamente 2.59 bilhões de dólares, 1.3 bi acima dos últimos 7 dias, ou seja, -19,06% a menos no total negociado.

 

Nessa semana foi interessante notar que o desafio de minerar na rede Litecoin está aumentando, e foi registrado um acréscimo de 16% nos últimos 7 dias. A complexidade da mineração é uma medida crucial em blockchains de prova de trabalho (PoW), como Bitcoin e Litecoin, pois reflete a estabilidade, segurança e expansão de uma rede. Dessa forma, o LTC está demonstrando crescente resiliência diariamente, desempenhando um papel essencial ao possibilitar que a criptomoeda atinja patamares ainda mais elevados de confiabilidade.

 

Perceba na imagem do gráfico Diário como o preço da LTC forçou abaixo da melhor faixa de compras, que é entre US$ 70 e US$ 72 por moeda. Nesse momento o preço está empurrando pra dentro dos US$ 69, e parece que agora a base do canal de alta em azul tende a segurar o preço. Veja que a região em amarelo é ampla, e serve como suporte para possíveis compras, mesmo o preço estando abaixo de US$ 70.00.

 

Um último reduto para a LTCUSD é o nível de US$ 60.00, pois se o preço cair até lá e testar, atualmente é a última e melhor chance de a moeda mostrar o porquê é considerada a “prata” do BTC. Se cair abaixo de US$ 60, teríamos um cenário bem ruim para a moeda.

 

Mas verificando as melhores probabilidades, vindo uma alta nos próximos dias, a impulsão do preço dentro do canal marcado em azul nos mostra que o alvo mais interessante é o limite superior da formação, isto é, US$ 80 dólares por Litecoin. Uma vez rompendo essa região, o próximo alvo está em US$ 96.00. Mas eu ficaria agora com a expectativa apenas pelo US$ 80, uma vez que estamos vendo a dificuldade com que a LTC tenta engatar novamente uma alta. Assim, vamos um alvo por vez.

 

Gráfico LTC – Gráfico D1

Está atento a seu Imposto de Renda das operações realizadas no exterior?

Conheça a nossa consultoria especializada para trading e criptomoedas


 

Precisa de uma conta para operar CFDs de Criptomoedas, sem precisar negociar as criptos em si? Ou ativos como dólar/real, mini-índice Bovespa, com depósitos por PIX, e taxas realmente diferenciadas? Abra uma conta na Vantage Markets pelo link abaixo e comece a operar hoje mesmo






Nenhuma imagem ou texto devem ser tomados como indicação de investimento. Todo o conteúdo a seguir deve ser visto apenas com fins educacionais

bottom of page