EURUSD e NZDUSD– Tendências de Baixa Querem se Impor a Partir de Resistências Significativas

Nenhuma imagem ou texto deve ser tomada como indicação de investimento. Todo o conteúdo a seguir deve ser visto apenas com fins educacionais


Pontos de Discussão – EURUSD


Parece que estamos diante de uma política econômica equivocada por parte da Europa em relação à inflação, pois apesar da alta nos preços ao consumidor que afeta os países do continente, a presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, disse que a instituição não está com pressa de elevar juros porque, segundo ela, o atual salto da inflação é alimentado pelo lado da oferta da economia e as expectativas de inflação seguem bem ancoradas. Antes dessa declaração esperava-se que em algum momento no futuro esse aumento fosse cogitado, e finalmente o Euro poderia ter um ‘boom’ em relação a outras moedas. Mas não, a Europa parece desconhecer os fortes danos que uma inflação descontrolada causa. Diante desse cenário, o que era esperado para o euro, uma alta ainda que leve nas próximas semanas, pode se transformar em uma desvalorização da moeda europeia já nos próximos dias. Pois se o BCE não pretende aumentar os juros, investimentos em títulos dos países da região permanecem não sendo atrativos para capital externo.


Se a Europa não pretende mexer nos juros nem tão cedo, o que podemos esperar são questões que impactem negativamente no euro, se nenhuma expectativa nova se colocar no lugar desse fator tão importante. Assim, os traders ficam atentos aos próximos passos dos EUA, pois uma melhora nos indicadores econômicos dos Estados Unidos pode derrubar ainda mais o EURUSD.


Analisando o preço do euro/dólar, ainda vemos a tendência de baixa, que já dura quase 1 ano, e na última semana obteve uma relativa recuperação. Mas não se engane, pois essa alta dos últimos dias está muito mais para uma retração do que para uma reversão. Assim, aguarda-se sinais de cansaço da recuperação, e nova entrada de força vendedora para continuação da estrutura baixista predominante. O preço do EURUSD acaba de encostar na região 1.07500, e justamente ali temos uma alta probabilidade de inversão Suporte/Resistência. Como é geralmente nesses pontos que a correção do preço apresenta cansaço, podemos esperar um aumento na entrada de vendas, que costumam derrubar o preço, e isso melhora ainda mais as expectativas de queda. Repare na imagem abaixo como o preço se aproxima de uma Linha de Tendência de Baixa bem definida no gráfico Diário. Essa região coincide também com a zona de 50% de Fibonacci da impulsão mais recente, o que nos traz uma ótima confluência de fatores para oportunidades de venda bem prováveis.


Para day traders, é essencial ficar atento às possibilidades mostradas nas imagens a seguir. No time frame de 1 hora percebemos que o Parabolic SAR está prestes a mudar de posição de baixo para acima do preço. Isso indica grande chance de o preço fazer um movimento de queda para ao menos 1.06000. No gráfico de 4 horas um padrão harmônico “Butterfly” está em formação. Perceba que se o preço chegar ao ponto “D” do padrão e a alta perder força, esse é mais um fator que contribui para a queda na cotação do EURUSD.


EURUSD – Gráfico Diário


EURUSD – Gráfico de 1 Hora


EURUSD – Gráfico de 4 Horas


Pontos de Discussão – NZDUSD


Após atingir um mega suporte de 2015 na semana passada, o NZDUSD iniciou uma subida que já dura duas semanas. Mas fique esperto, o par não se recupera de maneira significativa desde fevereiro de 2021. Apesar de não se manter em tendência de baixa muito clara ao longo desse 1 ano e 3 meses, desde o início de abril/2022 o ativo está praticamente em queda livre. Se não fosse a recuperação das últimas semanas, certamente impulsionado pelas ordens de compra no suporte histórico mencionado, a situação estaria muito pior para o dólar neozelandês. E como será que se pode aproveitar a movimentação desse ativo nesse momento? Repare na imagem abaixo no gráfico Diário, como o preço está se aproximando do nível de 0.65400, região perfeitamente clara de suporte alguns meses antes. E como sabemos, uma vez que um suporte é fortemente testado, quando ele é finalmente rompido, o retorno do preço a tal nível costuma vir junto de uma grande entrada de vendas. Como nos ensinou sabiamente o autor Mark Douglas, é nesse momento que muitas compras que estão no prejuízo são encerradas no ‘zero a zero’, e esse encerramento é gerado com ordens inversas, no caso, vendas. E vendas empurram a cotação para preços ainda menores.


Repare também como a região de 0.65500 foi resistência no início de maio/2022. Esse é mais um fator para o trader ficar atento, já que o preço pode não passar despercebido por ali. Isto é, assim que o preço passar na região de oferta nessa resistência, vendas pendentes que forem executadas têm a chance de levar o preço para ao menos 0.64000.


Descendo para time frames menores, vemos no H1 duas situações interessantes. Considerando as impulsões significativas mais recentes dessa recuperação de alta, após as retrações indicadas na imagem, as impulsões que estão sendo geradas têm metas coincidentes de expansão de Fibonacci. Pegando a impulsão mais recente (segunda imagem abaixo), a projeção de 100% de seu valor alcança exatamente a região de 0.65450. E se considerarmos a primeira impulsão do início da recuperação do NZDUSD nas últimas duas semanas, vemos que uma nova impulsão já está em andamento, e vem com força para buscar 161,8% de expansão de Fibonacci, nível que também coincide com a resistência já bastante debatida, um excelente ponto de reversão da alta para a baixa. Nesse cenário, poderemos ter uma queda forte do NZDUSD quando o ciclo do padrão se completasse. Assim, day traders podem ficar atentos a oportunidades de venda que apareçam já nos próximos dias, e prestar bastante atenção se algum padrão de reversão ocorrer em 0.65500.


NZDUSD – Gráfico Diário


NZDUSD – Gráfico de 1 Hora


NZDUSD – Gráfico de 1 Hora



COMECE A OPERAR HOJE MESMO


Abra uma conta pelo link abaixo


Abrir uma conta agora