top of page

Por que as Criptomoedas Desvalorizaram? O que Fazer Diante desse Cenário

Nenhuma imagem ou texto devem ser tomados como indicação de investimento. Todo o conteúdo a seguir deve ser visto apenas com fins educacionais


Essa semana vimos uma tremenda derretida nos mercados de criptos, com desvalorizações assustadoras (BTC: -14,9%; ETH: -17%; XRP: -31,5%; LTC: -27,4%). Hoje tentaremos pôr os “pingos nos is”, e deixar claro como funciona essa sistemática de causa e efeito nos mercados. Fique ligado, pois além de explicações interessantes sobre razões e motivos, você terá também análises bem objetivas de preços base para movimentos fortes e alvos interessantes. Pois, seja na alta ou na baixa, um mercado bem movimentado gera oportunidades de negociações para ambos os lados.


Sabia que não precisa ter as criptomoedas de fato pra poder lucrar com as variações dos preços? Pois é, é possível comprar e vender (operar na alta e na baixa) as moedas através de contratos, chamados CFDs, inclusive com alavancagem que permita ganhos com pequenas variações. Como o mercado anda lateral, essa opção se torna bem interessante.

 

Precisa de uma conta para operar CFDs de Criptomoedas, sem precisar negociar as criptos em si? Ou ativos como dólar/real, mini-índice Bovespa, com depósitos por PIX, e taxas realmente diferenciadas? Abra uma conta na Vantage Markets pelo link abaixo e comece a operar hoje mesmo


 

Crie uma de forma simples, e você já poderá inclusive testar a análise e as verificações que fazemos regularmente aqui. Espero que goste, e fique sempre atento ao local onde você pegou o link que o trouxe até esta página, pois toda semana estamos atualizando ótimos ativos regularmente.



Pontos de Discussão - Criptomoedas


Diante de tantas quedas na última semana, quando isso acontece, o que não faltam são explicações e tentativas de justificar, achar uma razão específica par ao ocorrido. Dessa vez tínhamos uma verdadeira salada de motivos para a forte queda:


- A possibilidade de a SpaceX ter liquidado quase 400 milhões de dólares de BTC;

- Crença em novos aumentos da taxa de juros dos EUA, que tende a aumentar a busca por dólar americano, e pra isso os investidores se desfariam de seus outros ativos;

- Valorização dos rendimentos dos títulos do governo dos EUA, que também aumenta a procura por USD

- A crise da gigante empresa chinesa Evergrand;

- Risco de desvalorização do yuan chinês;

- Mega vendas de bitcoins por “baleias”;

- Expectativas de que a SEC (a “CVM” dos EUA) aprovaria uma ETF de futuros de Ethereum, o que faria muita gente vender Bitcoin pra poder comprar ETH;


Entre tantas e tantas outras...


Se você procura um motivo para algo, vai encontrar, pois as informações hoje no mundo digital não são só abundantes, elas literalmente saltam da tela pra te pegar! Todos esses argumentos podem até fazer sentido, uns mais, outros menos, mas qual deles, ou se mais de um influenciou, nunca dá pra saber, devido ao gigantesco tamanho desse mercado trilionário.


A nossa tendência de buscar causas é uma “coceira mental” que precisa ser coçada, e o ser humano parece desejar isso com muito ímpeto. É ruim ver todo esse movimento, pro bem ou pro mal, e simplesmente não atrelar a nenhuma causa específica. O fato de não poder dizer “foi por causa disso”, ou então “A queda está diretamente ligada a tal fator...”, gera na nossa mente aquela sensação ruim de não estar no controle.


Uma coisa é certa, houve vendas fortes e os preços oferecidos para essas operações foram cada vez menores. Isso sim é a única razão que deveríamos buscar como investidores sensatos. Já a causa específica que levou a isso... não é algo prudente a se buscar, pois como vimos, muitos argumentos válidos sempre vão acontecer.


De qualquer forma, não é o que causou, mas sim o que faremos diante disso é que está em nossa capacidade de controle. Só o que podemos controlar são nossas ações quando qualquer movimento ocorrer no mercado. Essas atitudes sempre, sempre devem estar baseadas em um planejamento financeiro testado e aprovado, sempre com risco zero de ruína, e risco por trade/investimento extremamente baixo. E, claro, o grande segredo: estar exposto a movimentos explosivos de lucro, e cortar as perdas quando movimentos contrários vierem.


Assim, passamos agora ao estudo técnico das principais criptomoedas, e com um gostinho a mais: a volatilidade, que é essencial para qualquer estratégia de trading/investimento.


O BTC rompeu os suportes interessantes para oportunidades de compra a favor da tendência de alta, agora já completamente enfraquecida, ao menos durante um bom tempo. Na última análise que trouxemos aqui, eram claros os suportes de US$ 29k e US$ 28k. Esses níveis serviriam perfeitamente como base para novas impulsões da tendência de alta que estava em vigor antes dessa queda. Agora, apesar da enorme desvalorização e apesar de a tendência ter minguado, ainda temos expectativas de oportunidades de compra para trades com alvos mais curtos. Veja na imagem abaixo o principal ponto de suporte para compras em potencial, US$ 25k (que também é alvo para vendas de curto prazo). Repare também que nessa lateralidade que o BTC se enfiou temos níveis tanto para compras como para vendas, sempre em regiões de S/R importantes e bem destacadas na imagem.


Gráfico BTC - D1


A ETH, que já não estava em tendência de alta há bastante tempo, apenas adentrou ainda mais para baixo, rompendo uma linha de alta e vindo testar o suporte em US$ 1,665.00. Da mesma forma que o BTC, dá pra encontrar algumas oportunidades de compras com alvos curtos, como por exemplo US$ 1785.00.


Gráfico ETH - D1


A XRP, pra mim, foi a mais decepcionante, não pela desvalorização em si, mas sim por não estar numa região tão boa. Se olhar na imagem abaixo, ele até que se encontra em cima da linha de alta azul, mas o espaço até a região para alvos de compras de curto prazo, US$ 0.5500, é muito curto (precisaria realmente ser uma estratégia com entradas e saídas extremamente muito específicas). Eu fico mais inclinado a acreditar na queda até US$ 0.4200, inclusive como alvo de vendas, e dali sim, compras com potencial de valorizarem até US$ 0.5500, que trariam mais de 30% de aumento. Essa, inclusive é minha perspectiva mais clara para esse ativo agora que voltou a ser negociado abaixo de US$ 0.55.


Gráfico XRP - D1


A Litecoin, de todas analisadas aqui, é a que está mais perto de entrar em tendência de baixa. Se isso vier a ocorrer, procurar oportunidades de compra não seria interessante, na verdade, seria imprudente. Mas calma, a LTC ainda não parece estar sob influência de uma direção específica. Isso significa que tanto compras como vendas em potencial estão no páreo, dependendo, claro, da região que o preço testar. Nesse exato momento está em cima de US$ 62.00, que já é zona de liquidez de compras, e pode levar o preço facilmente até no mínimo US$ 68.00, em seguida até US$ 71.00. Alvos mais longos podem buscar os US$ 80.00 por Litecoin, mas não sem antes galgar algum lucro pelo meio do caminho. Uma vez atingidas essas regiões, a expectativa muda de direção, e vendas possíveis entrariam no radar.


Acompanhe análises diariamente e ideias de trade em tempo real. Faça parte do Estúdio Profissional Trader Investidor



Gráfico LTC - D1

Por fim, como sabemos, tudo pode acontecer, e se o preço das criptomoedas vier a sofrer baixas mais severas, provavelmente teremos a inversão completa de tendências de alta anteriores, para dar lugar a tendências de baixa. E como disse, se isso ocorrer, procurar compras para trading (especulativas), seria bem desgastante, sendo melhor avaliar as oportunidades de vendas. Mas isso fica para caso as moedas caiam significativamente.


Está atento a seu Imposto de Renda das operações realizadas no exterior?

Conheça a nossa consultoria especializada para trading e criptomoedas


 

Precisa de uma conta para operar CFDs de Criptomoedas, sem precisar negociar as criptos em si? Ou ativos como dólar/real, mini-índice Bovespa, com depósitos por PIX, e taxas realmente diferenciadas? Abra uma conta na Vantage Markets pelo link abaixo e comece a operar hoje mesmo




bottom of page