USDCAD Encara Forte Resistência e AUDNZD Ansioso por Declarações sobre Taxa de Juros

Nenhuma imagem ou texto devem ser tomados como indicação de investimento. Todo o conteúdo a seguir deve ser visto apenas com fins educacionais

Olá traders, como estão? Prontos para mais uma semana no mercado? Caprichei em duas análises para vocês ficarem atentos nos próximos dias, pois os padrões configurados batem certinho com níveis de suporte e resistência importantes, e esse certamente é o melhor cenário para os traders que utilizam a análise técnica com Price Action. Bora lá?


Pontos de Discussão – USDCAD


E não é que o USDCAD veio testar novamente a resistência em 1.30500... Justamente aí temos também o limite superior de um mega canal de alta, que já dura cerca de 1 ano. Pois bem, sem uma definição clara de tendência, o par está oscilando nos últimos meses entre baixas fortes e altas significativas. Essa última é a que vemos na imagem abaixo, gráfico Diário, encontrando uma excelente região para oportunidades de venda. Além da coincidência do nível de oferta em 1.30500, junto com a resistência do canal de alta, ainda temos um Topo Duplo muito bem definido. A partir desse nível, poderemos ver o USDCAD ter uma baixa na sua cotação. Agora, se essa queda será rápida para objetivos curtos, ou mais longa, precisamos verificar outros fatores, ainda nesse artigo. De qualquer forma, a região que o preço se encontra, junto com a estrutura montada, indica que os vendedores querem voltar a assumir o controle pelas próximas semanas.


Quando partimos para o gráfico de 1 hora, uma bela formação de canal está em andamento. “Mas como assim, um canal dentro de um canal?” Exatamente meus amigos, esse é um padrão de Price Action que poucos se dão conta, e têm uma ótima previsibilidade. Basicamente funciona quando um canal maior em um gráfico mais amplo testa um dos níveis limites. Daí, em um gráfico menor, o preço começa a montar um outro canal, mais estreito que o do gráfico maior, mas ainda não alcançou o quarto toque mínimo na estrutura que valida o canal, seja de alta ou de baixa. Quando o terceiro toque acontece, e ele coincide com um dos toques em níveis limites do canal maior, as chances de fechar o canal menor são enormes. É plenamente possível desenvolver estratégias que aproveitem esse comportamento do mercado. Veja na imagem mais abaixo como o preço se comporta ao tentar formar mais uma estrutura com 4 toques no gráfico de 1 hora.


Além disso, podemos ver que o indicador RSI, Índice de Forçar Relativa, chegou a passar acima de 70, e em seguida cruzou para abaixo. Tal configuração, exatamente em uma resistência de time frame maior, é algo que acontece com pouca frequência, justamente quando o comportamento do mercado por trás do padrão tende a ser o de mais vendas do que compras. Em outras palavras, são os vendedores querendo tomar as rédeas e empurrar o preço para baixo. Com essa confluência de fatores, fica fácil perceber a força que o USDCAD pode vir, para inclusive romper níveis de suporte intermediários, buscando alvos mais interessantes de curto e médio prazo, conforme você pode verificar nas imagens.


Calendário Econômico para a Semana


Terça-Feira, 21 de Junho, às 09:30 da manhã, horário de Brasília, Divulgação dos dados das vendas no varejo do Canadá (exceto automóveis) - CAD


Esse dado representa a variação no valor total das vendas de varejo no Canadá, excluindo automóveis, e é uma notícia considerada de alto impacto. Assim, na hora marcada os traders do mundo todo estão atentos ao número divulgado. O mercado espera uma queda significativa nas vendas, assim, se um número melhor do que a previsão for divulgado, isso é bom para o CAD, eleva as expectativas de melhora da moeda canadense, e com isso o USDCAD tende a fazer um movimento de baixa.


Quarta-Feira, 22 de Junho, às 09:30 da manhã, horário de Brasília, Mudança no preço dos bens e serviços adquiridos pelos consumidores Canadenses - CAD


É a mais importante divulgação relacionada à inflação do Canadá, pois os preços ao consumidor representam a maior parte da inflação geral. Vamos lembrar do fluxo financeiro mais esperado: Mais inflação implica maior tendência de aumento na taxa de juros, que leva a maior busca pelo CAD, e consequentemente sua valorização (Baixando a cotação do USDCAD).


Quarta-Feira, 22 de Junho, às 10:30 da manhã, e quinta-feira, 23 de Junho, às 11:00, horário de Brasília, declaração do presidente do Banco Central Americano – FED, Jerome Powell - USD


Quando o Powell lê o relatório semestral da política monetária, em seguida ele começa a responder perguntas na Câmara, em Washington, DC. Dependendo do que ocorrer, suas falas podem gerar intensa volatilidade no mercado.


USDCAD – Gráfico Diário


USDCAD – Gráfico de 1 Hora


Pontos de Discussão – AUDNZD


O AUDNZD deu o que falar na semana passada, com muitos movimentos traiçoeiros. Em um dia subia fortemente, e no outro oscilava mais do que corda bamba, para na sexta-feira despencar e buscar o suporte em 1.09800. Diante de tantas emoções, e provavelmente muita dor de cabeça para operadores de períodos mais curtos, o preço agora parece trazer um certo alento, já que o teste do suporte está acontecendo, e as expectativas para uma subida mais regular estão aumentando. Se o preço respeitar a região de suporte, especialmente se aparecerem sinais de compra acima de 1.10000, um ótimo número redondo, precisaremos ficar atentos a possíveis fortes movimentos que busquem regiões como 1.10400 para curto prazo e 1.11500 para essa ou a próxima semana. A tendência no gráfico Diário é claramente de alta, mas se você reparar bem na imagem mais abaixo, verá que um canal de alta foi perfeitamente montado na cotação do AUDNZD, e justamente agora que o preço chegou ao suporte do canal, também é o mesmo ponto que em abril desse ano funcionou como resistência. Ótima confluência de fatores para que oportunidades de compra surjam já no início da semana.


Ao analisarmos o gráfico de 1 hora, fica claro que o preço teve seu momento de queda forte, mas agora, tendo uma visão mais ampla, percebemos como essa queda dos últimos dias da semana passada podem ter sido os últimos suspiros de baixa do preço, para poder finalmente ganhar fôlego novamente e voltar a subir. As expectativas são ótimas. Olhando o indicador Parabolic SAR, que costuma dar excelentes sinais de acordo com o posicionamento dos pontos, assim que o sinal cruza de cima para a abaixo do preço em um movimento de queda, esse seria um indicativo claro de que o preço ver com certa força de alta. Some-se isso ao fato de a região ser um ótimo ponto de partida para altas, pelos motivos citados um pouco acima, e teremos uma bela configuração diante de nós. Pois bem, nesse sentido, day traders devem ficar atentos aos alvos mais interessantes de curto prazo em 1.10400 e 1.10800. Em tais cotações o preço pode sofrer influências externas das notícias durante a semana, e ter seu movimento prejudicado. Se isso ocorrer, são nesses pontos que pode ser prudente tomar alguma providência em relação a possíveis ordens de compra em aberto, sempre de acordo com a estratégia de cada trader.


Por fim, uma análise um pouco mais ampla mostra-nos que há um nível excelente de alvo mais a médio/longo prazo. Ao olharmos o gráfico semanal, o nível de 1.12700 parece bastante promissor, e tem forte apelo por atrair o preço no cenário de uma alta expressiva. Fique ligado.


Calendário Econômico para a Semana


Segunda-feira, 20 de Junho, das 09:00 às 10:30, e sexta-feira, 24 de Junho, às 08:30, horário de Brasília, declarações do presidente do Banco Central Australiano, Philip Lowe.


Sem dúvidas essas serão as declarações mais esperadas da semana para o par, uma vez que qualquer menção à mudança ou não da taxa de juros costuma impactar muito a volatilidade em um par de moedas. Day traders devem ficar atentos a posições abertas durante esse período.


AUDNZD – Gráfico Diário


AUDNZD – Gráfico Semanal


AUDNZD – Gráfico de 1 Hora



COMECE A OPERAR HOJE MESMO


Abra uma conta pelo link abaixo


Abrir uma conta agora