COMO SE TRABALHA COM O FOREX - CAPÍTULO 4 - Curso de Forex Completo



Partindo para mais um capítulo, quero que fique atento ao que trarei a seguir, pois haverá um grande alerta nessa aula, que poucos dão a devida atenção. Iniciarei, inclusive, a mencionar e ensinar os princípios fundamentais do trading de sucesso.


Caso queira abrir uma conta demonstrativa, e já ir treinando alguns conceitos, você pode fazer na melhor, maior e mais segura corretora de Forex atualmente, a IC Markets. Clique no link a seguir para visualizar um vídeo tutorial. Mesmo assim, aqui no curso haverá um capítulo específico de como abrir uma conta seja demo ou real, e começar a operar e colocar em prática tudo o que aprendeu nesse curso.


Clique aqui para abrir a conta demo
Clique aqui e assista ao vídeo tutorial

Se estiver gostando do assunto, do mercado Forex, e se você se interessa por outros tipos de investimento, não deixe de conferir a página do Estúdio Trader Investidor. É um projeto onde ensino os membros a se tornarem ainda melhores em suas operações e investimentos, com acompanhamento diário e ao vivo de tudo que eu faço, mostrando na prática e em tempo real como eu invisto meu patrimônio e quais são as operações que faço no Forex.


Clique aqui e conheça o Estúdio Trader Investidor

Para ter acesso a todo o conteúdo principal do curso, você pode baixar o livro clicando aqui. O assunto é o mesmo, e mesmo que aqui no site haja pequenas atualizações, elas não mudam em nada o valor da obra escrita. São pequenas correções, e ideias extras que podem ser colocadas no início/final de cada capítulo, ou ainda em capítulos extras, ao final do curso, e que servirão de base para uma segunda edição. De qualquer forma, seja aqui ou pelo livro em PDF, também gratuito, você estará estudando o mesmo material, e sendo capacitado para se tornar um excelente trader e profissional no maior mercado do mundo.


Agora vamos para mais uma aula top desse curso.


INTRODUÇÃO


O Forex, como ensinado em aulas anteriores, é um mercado gigantesco, com uma liquidez absurda, e desse mercado de câmbio muita gente tira dinheiro, ou seja, faz do Forex um investimento, na busca da independência financeira. E quem consegue esse feito passou a atuar no trading de forma profissional, levando a sério.


Pois bem, diante dessa constatação, vamos tratar nessa aula dos tipos de abordagem utilizados para trabalhar nesse mercado. As formas como os traders decidem abrir suas negociações, os períodos que ficam com os trades abertos, entre outros.


PRIMEIRAMENTE


É preciso entender em primeiro lugar que o Forex não é brincadeira, não é algo que você vai começar a operar hoje, e amanhã já colocará dinheiro na sua conta. Não! Mesmo que você tenha visto algum vídeo no YouTube dizendo que é possível ter altos rendimentos constantes nos primeiros dias, ou mesmo alguém prometendo te ensinar uma estratégia capaz de te deixar bem de vida em pouco tempo, não acredite. Certas pessoas estão aí apenas para tirar o dinheiro de iniciantes não precavidos (coisa que você não vai ser, ao estudar esse livro).


E outra, falar que ganhar muito nesse mercado demora alguns anos, é uma ideia que não vende, pois essa afirmação não dá mercado. Logo, preferem iludir as pessoas, alegando que no Forex há uma mina de ouro.


Para ter sucesso não basta termos operações lucrativas, mas é preciso que QUANDO tivermos operações com prejuízo, esse prejuízo seja MENOR que os lucros auferidos nos trades vencedores. Um princípio crucial a entender desde já é que precisamos saber perder!


Profissionais desse mercado entendem também que é preciso uma abordagem específica e ADEQUADA para poder tirar vantagem do movimento do preço. Não é qualquer "estilo de negociação" que fará o trader ganhar dinheiro, pois nem todos os "estilos" são formas ideais para trabalhar no Forex. Para obter sucesso os profissionais adotam uma estratégia de negociação em sintonia com a forma que o mercado funciona, e passam a operá-la de maneira disciplinada.


COMO ATUAM OS TRADERS?


No Forex existe um grande número de formas pelas quais os operadores negociam. O que vou trazer aqui são as principais abordagens usadas nesse mercado. Elas podem se dividir em dois grupos: Em relação à forma de análise, e em relação ao período com uma negociação em aberto.


ATENÇÃO: Nem todas as formas de negociação trazidas aqui são aconselháveis, apenas relatei o que de fato “se usa por aí” no mercado de câmbio.


EM RELAÇÃO À FORMA DE ANÁLISE



Negociação através de robôs: Utilizam sistemas de software que são produzidos para identificar no preço de um ativo se houve uma movimentação que atenda aos critérios definidos pelo programador. Se o preço no gráfico agiu da forma que o robô está programado para verificar, então uma operação será aberta na plataforma. Em caso contrário, nada é feito. Aqui a 'máquina' tenta fazer o trabalho do trader em analisar o mercado. Porém é inegável a importância de uma mente


humana na hora da tomada de decisão, coisa que um software nunca conseguirá fazer totalmente sozinho, enquanto não pensar igual a um humano.


Infelizmente há muitas promessas de robôs altamente eficazes, porém são só promessas. O que muitas vezes acontece é algum robô de negociação ter uma sequência boa de trades lucrativos, durante dias ou semanas, e já ser divulgado que é um sucesso, unicamente para conseguir angariar alguns dólares de pessoas ingênuas.


Outra situação bastante comum é os traders iniciantes acreditarem que grandes bancos atuam no mercado com robôs secretos, lucrando altos valores para suas instituições. Mas isso também é um mito. O que pode acontecer no máximo é existir operadores e empresas que usam esses sistemas para administrarem as operações, ou abrir posições em situações muito específicas, em que um ser humano de verdade precisou fazer a parte principal, a análise do setup, e o robô ficou a cargo da parte mais simples, executar UMA ordem ESPECÍFICA, em UMA situação ESPECÍFICA.


Não existe um robô que você programe e deixe-o rodando por meses, anos a fio, que apenas gere lucros. Se existisse, não estaríamos aqui operando, estudando, buscando a disciplina, mas sim, em busca desse sistema ou sistemas incríveis. Afinal, por que levar anos se dedicando a uma atividade, se podemos buscar e encontrar esses sistemas milagrosos e passar a viver somente na praia enquanto uma máquina faz acontecer no trading? Aliás, todos poderiam fazer isso e ninguém mais lucraria.


"Ah, Enéias, existem sim, porém são muito caros para que todos consigam!"


É exatamente isso que querem que você acredite, se não, como vão vender? E se ganham tanto com o robô, principalmente considerando juros compostos, PRA QUÊ VENDER? É lenda, meu amigo, lenda!


Na próxima explicação você verá um exemplo bastante específico onde robôs de negociação podem se dar bem. Mas também perceberá como um humano é CRUCIAL para o sucesso do robô.


Negociação com Estratégia Matemática: Algumas formas de analisar o mercado são extremamente objetivas, sempre envolvendo cálculos exatos para definição das operações, seu valor de entrada e saída. Por exemplo uma estratégia que considera a máxima e a mínima de um dia, e busque sempre entrar no rompimento de um desses valores. Não há maiores análises aqui, seria algo simples como esse exemplo. Claro, alguns critérios a mais podem ser incluídos, como limitar essa máxima a um determinado valor, ou se a média de movimentação no período estiver dentro de um valor específico.


São critérios muito exatos, sem margem para discricionariedade, não há subjetividade alguma. Nesses casos, um robô pode funcionar muito bem, já que esse é o cenário adequado ao funcionamento de uma máquina, zero poder de decisão próprio, apenas replicando o que foi programado. Aqui não cabe ao robô decidir NADA, apenas verificar se as condições exatas definidas pelo trader aconteceram.


Embora pareça ótimo ter um robô operando para o trader, não é só deixá-lo trabalhar como um escravo e esquecer da vida, só lembrando do trading na hora de sacar os lucros. Vou repetir: isso não existe!


O trader precisa estar em constante monitoramento de seu Expert Advisor (que é como chamamos os robôs de trading) para verificação do desempenho da estratégia. Haverá momentos em que o trader precisará ajustar parâmetros a determinados períodos do mercado. Outras situações exigirão do trader refazer seus testes para melhorar a estratégia, seja para minimizar um período de perdas, ou maximizar um período de lucros. Nunca o trader irá deixar o robô atuar sozinho pelo resto de sua vida. Essa é a lenda que querem que acredite, para venderem pra você um sistema infalível.


Mais uma coisa, um robô que gere entre 10% e 25% ao ano, em média, de forma regular, é extremamente difícil de encontrar. Se o índice de pessoas que ganham no trading já é baixíssimo, achar/desenvolver um sistema automatizado consistente é ainda muito mais difícil e raro. Os robôs que se vende abertamente por aí usam tantas formas erradas de se operar, que são piores do que lixo tóxico!

No momento oportuno você aprenderá sobre essas formas inadequadas de abordar o trading profissional.


Negociação através de Análise Técnica: Utiliza a movimentação do preço, seja puramente no gráfico, ou através de indicadores, para decidirem se entram ou não em uma operação. O analista puramente técnico desconsidera totalmente a influência das informações da economia mundial para tomada de decisão. Ele usa as informações que o preço dá, através de gráficos cartesianos, que demostram a variação nas cotações das moedas.


Aqui podemos dividir em análise com indicadores, e análise gráfica pura. A primeira utiliza sistemas que usam o preço como base de informação. A partir desses dados esses sistemas plotam no gráfico principal do par de moedas um gráfico menor, com informações sobre o preço, porém 'apuradas'. Há diversos tipos de indicadores como médias móveis, osciladores, indicadores de força, volume etc.


Já a análise gráfica pura, também conhecida como Price Action, não fará uso de indicadores, somente o preço CRU, no gráfico "limpo". Em aula futura aprenderemos sobre os tipos de gráficos existentes, e você terá uma noção melhor sobre esse forma de análise tão difundida nos dias de hoje.


O foco desse curso em relação à análise será voltado para o PRICE ACTION. Essa abordagem de análise do mercado é a grande base, inclusive para uso de indicadores. Isto é, sem saber analisar a ação do preço o trader que deseje utilizar indicadores em sua estratégia terá muita dificuldade em entendê-los perfeitamente. Para usar esses sistemas, é CRUCIAL saber o processo de padrões do preço, seus movimentos, a explicação de máximas, mínimas, abertura e fechamento, além de princípios básicos de tendência, consolidação, suporte e resistência.


E mais, você verá que as melhores estratégias são as que têm critérios objetivos, com pouca margem para discricionariedade. Aprenderá que no trading do Forex o simples é o que funciona, logo, quanto mais básico e objetivo for o seu sistema, mais fácil será de identificar os padrões de comportamento do mercado de forma clara, sem margem para dúvidas. Isso é tão importante no trading que eu poderia falar bastante sobre isso agora, mas no momento certo você aprenderá nesse livro o que precisa saber.


Logo, o foco desse curso é deixá-lo preparado para buscar a consistência desenvolvendo uma estratégia simples e objetiva, que o ajude no caminho da consistência e do sucesso nesse ramo.

Negociação através de Análise Fundamentalista: Utiliza dados e informações da economia mundial como parâmetros para tomada de decisão. Notícias como taxa de juros, desemprego, produção interna de um país, ou mesmo acontecimentos de grandes repercussões geram nos traders do mundo todo expectativas quanto à próxima movimentação do preço. Ao efetuarem suas transações no mercado, o preço dos ativos se movimenta, para cima ou para baixo. O analista fundamental vai verificar a força das informações divulgadas sobre a economia dos países, para tomar a decisão de comprar ou vender determinado par de moedas. O analista puramente fundamental desconsidera totalmente a informação do preço no gráfico, usando unicamente os dados econômicos mundiais para escolher que direção seguir no mercado.


Aqui é comum reconhecer quando assistimos noticiários na televisão ou internet. Quando ouvimos "o preço do petróleo teve alta devido ao fechamento do comércio com 'determinado país'", ou então "a bolsa de Nova York fechou em queda com o medo de mais uma paralisação do governo". São situações como essas que fazem com que vários operadores do mundo todo decidam comprar ou vender, e consequentemente mover o preço.


Negociação Mista: Aqui o trader usa conceitos de cada uma das formas de analisar. Por exemplo, um operador pode ver o cenário econômico de algum país e verificar que as informações para ele são boas e o valor da moeda pode subir (análise fundamentalista). Daí ele vai para o gráfico e procura um ponto de suporte mais indicado para efetuar uma compra a um preço razoável (análise técnica), e finalmente ele pode colocar um robô para ir administrando a sua ordem enquanto ela está aberta (negociação automatizada).


Hoje é muito comum ver traders utilizando essa abordagem. Mas é preciso ficar atento, pois o excesso de informação é algo extremamente ruim, e leva inúmeros traders a perderem dinheiro no mercado. Quanto mais informação se busca sobre algum ativo, maior a probabilidade de ter perdas no longo prazo. Como você viu na explicação anterior e aprenderá na aula sobre os princípios básicos do sucesso, o simples é o que funciona, então, complicar demais te fará ter perdas. Esse é um dos maiores paradoxos do trading, difícil de aceitar pela maioria. Espero que ao longo do livro isso fique cada vez mais claro para você, especialmente na parte que te ensinar sobre estratégias de negociação.


EM RELAÇÃO AO TEMPO COM UMA ORDEM ABERTA


Primeiramente


Antes de tudo, vamos esclarecer algo muito importante, e que deve ser levado por você por toda sua caminhada. Quanto ao tempo com uma ordem aberta, pode-se separar basicamente em dois grandes grupos, Day Trading e Swing Trading, sendo o que diferencia um do outro o fato de um trade ficar ou não por mais de um dia em aberto.


No caso de uma negociação seguir por mais de 24 horas, há outros subdivisões, para as quais existem nomes que podem fazer referência, como veremos aqui. Mas no caso de ordens encerradas antes do fechamento do dia, só existe um nome oficial para essa abordagem, Day Trading. Qualquer outro é invenção da moda, e tentativa de criar “estilos de negociação” que insiram no contexto do trading algo errado e contraproducente.


Day Trading: Abordagem em que o trader abre uma operação e fecha dentro de um mesmo dia. Visa geralmente buscar poucos pips por operação, evitando ficar exposto ao mercado de um dia para o outro. Abre-se normalmente mais de 1 operação por dia, mas o que determina mesmo a sistemática é abrir e fechar uma ordem no mesmo dia, que no Forex é antes do fechamento da sessão de Nova York.


Por não segurar a ordem para o dia seguinte, não pagam, nem recebem o swap, que é a diferença na taxa de juros dos bancos centrais dos países das moedas envolvidas no par.


Tem se difundido muito o day trading, principalmente no Forex. Mas é preciso ficar atento, pois apesar de ser uma técnica bastante utilizada para ter rendimentos, não pode e não deve ser entendida como algo "melhor", "mais lucrativo", só porque o trader terá mais operações para abrir. Como outras abordagens, o day trader também gerará, na melhor das hipóteses, o mesmo rendimento de abordagens mais tranquilas e menos frequentes de negociação

Swing Trading: Abordagem de negociação em que o trader abre uma ordem e deixa-a aberta por mais de um dia, geralmente alguns dias. É comum uma ordem ficar aberta mais de uma semana. Em geral, fazem bem menos operações que day traders.


Sempre se busca mais pips nas operações que outras formas de negociar. Usa-se stops mais largos, visando fugir das oscilações comuns do mercado, e tem-se como objetivo alvos consideráveis, especialmente em relação ao risco assumido. São comuns termos como “Surfar a Tendência”.


Position Trading: Abordagem de negociação que visa operações a médio prazo. Um position trader costuma passar alguns meses com suas operações em aberto. Operar a favor do swap é importante para os traders que fazem uso dessa forma de operar.


Carry Trading: Nessa abordagem o trader (praticamente um investidor de médio/longo prazo) pretende segurar suas ordens por muito tempo, meses e anos inclusive. Aqui opera-se buscando ganhar com o swap positivo, deixando uma operação pequena (lotes menores) aberta por um longo período, auferindo 'rendimento' vindo dos swaps positivos. Essa abordagem se parece muito com o estilo “Buy and Hold” das ações, onde o investidor não tem pretensão de vender os papéis, e almeja viver recebendo os dividendos da empresa. O swap positivo funciona como esses dividendos, só que no Forex.


A Moda do Scalping


Nos últimos anos uma forma de operar tem se difundido muito, com mais e mais pessoas entrando no mercado através dessa porta. Trata-se daqueles que abrem e fecham rapidamente muitas ordens, inúmeras, tentando ganhar com as menores e minúsculas movimentações possíveis, são os auto intitulados “scalpers”.


Scalping se trata de uma forma de operar parecida com o Day Trading, porém aqui o operador abre e fecha inúmeras operações por dia, muitas vezes em sequência, uma atrás da outra, e todas visando pegar uma quantidade de pontos muito pequena. A ideia é literalmente 'escalpelar' o mercado nos menores movimentos.


Alguns se intitulam “scalpers”, mesmo sem operar muitas ordens no dia, apenas esperando o mercado agir de uma forma bem específica para entrar e sair muito rapidamente. Mas o termo “scalper” se refere a quem faz muitas operações, e faz isso constantemente. Os que seguem o princípio fundamental de operar pouco, ainda que suas ordens fiquem pouco tempo abertas, esses não são “scalpers”, mas sim day traders.


Fique ciente que essa novidade não é algo alinhado com as bases da abordagem adequada a utilizar no mercado. Para ter sucesso é preciso agir em sintonia com a forma que o mercado funciona, a qual explicarei mais à frente nesse mesmo capítulo.


Você verá que a lógica por trás das técnicas de scalping não são condizentes com a maneira de operar de um trader profissional. Eu entendo que muitos novatos no mundo do trading são atraídos por essa forma de negociação, e acredite, eu vejo isso há mais de 10 anos nesse ramo. Já vi de tudo um pouco, mas algo que massacra traders iniciantes, levando-os à ruína, é acreditar que “quanto mais operações, mais lucros”, ou ainda “que entrar e sair rapidamente do mercado é melhor para se expor menos”. Veja a seguir uma explicação deveras importante para entender mais sobre essa questão.


QUAL ABORDAGEM UTILIZAR?


Essa questão atinge a maioria dos traders iniciantes que desejam adotar logo um 'estilo', e começar a operar. Mas é preciso ficar atento a certos aspectos do trading, especialmente no Forex, para evitar cair em armadilhas.

É importante primeiro saber que grandes traders não estão atrás de operações de curtíssimo prazo, eles procuram passar algum tempo com suas posições em aberto. Isso acontece pois entende-se que uma análise de mercado, quando feita de forma adequada, pode levar algum tempo para se mostrar lucrativa.


É como se fosse da seguinte maneira: um trader visualiza sua estratégia sendo formada no gráfico, decide entrar em uma operação, mas isso não significa que essa operação TENHA que seguir para sua direção, muito menos significa que o preço vá fazer isso de imediato, nos minutos, horas ou dias a partir da abertura do trade.


Para se decidir, o preço pode levar algum tempo, alguns dias ou semanas até isso acontecer. É como se no instante em que a ordem é aberta, não fosse possível dizer claramente que sua análise está invalidada só porque o preço foi um pouco contra você. Para concluir que o preço tem mais chances de ir contra do que ir a favor, e consequentemente poder "cortar a perda", é preciso um tempo considerável, e alguns minutos ou horas não podem e não devem ser tomados como base para essa decisão.


Todos os dias os traders travam uma briga feroz, em uma luta voraz, tentando ver quem vai sair vencedor, compradores ou vendedores. Querer entrar em uma operação acreditando que em poucos minutos o preço vai se decidir para que lado seguir, é ter uma expectativa ERRADA a respeito de como o mercado funciona. Se você já tem algum tempo de trading, e já tentou fazer operações mais rápidas, vai entender o que estou dizendo ao lembrar as inúmeras vezes em que o preço após pegar seu stop foi fortemente na sua direção.


Isso mostra o quanto é COMUM o preço oscilar bastante antes de se decidir de fato. Nesse momento de oscilação normal, concluir que o preço invalidou sua análise é bastante precipitado. Logo, agindo assim você passará por inúmeras situações em que o preço te tira de um trade, para logo em seguida ir com força na direção que você tinha analisado e identificou a maior chance de acontecer. É preciso deixar o mercado andar, dar "espaço" para ele decidir para onde quer ir, sem querer limitar a sua atuação a um curto espaço de tempo.


O mercado tem o seu tempo próprio, que depende da atuação dos negociantes do mundo todo, a qual é impossível saber com exatidão, muito menos o momento preciso em que se consolidará em movimento. Isso quer dizer que o trader não pode limitar o tempo de uma operação, em nenhuma hipótese. Não cabe a nós dizer ao mercado financeiro que “se ele não se mover até certo horário, eu vou tirar a ordem”.


A abordagem alinhada com o funcionamento do mercado é abrir um trade e deixar ele rolar, até que o próprio movimento do preço te tire da operação, com lucro ou com perda. Para isso existem nas plataformas ferramentas de entrada e saída programadas, de maneira que nossa tarefa é verificar o aparecimento de nossos padrões, posicionar as ordens, e deixar acontecer. Qualquer interferência em um trade aberto deve estar previamente planejada, e deve ser algo extremamente específico. Ou seja, não se toma decisão sem definir qual será ela bem antes de comprar ou vender, pior ainda se for uma decisão de encerrar a ordem, sem ter antecipadamente previsto esse cenário. Você verá mais sobre isso no capítulo onde ensino sobre planejamento de trading.

Traders de sucesso aprenderam a desenvolver a PACIÊNCIA. Não só a paciência para esperar seu sinal aparecer, mas também a paciência em deixar o mercado se decidir para que lado seguir, sem ficar interferindo inutilmente em uma operação.


Então, para quem está começando agora, procure operar de forma mais tranquila, adote uma estratégia que permita você ficar alguns dias em um trade. Esqueça logo essa ideia de ficar rico rápido, e o pensamento de que pelo fato de operar mais, abrir mais trades, vai obter mais lucros. Nunca esqueça que no trading, no Forex, o menos é mais! Operar mais traz menos resultados... e operar menos traz mais consistência e mais resultados lucrativos. Há todo um fator psicológico envolvido na exposição constante ao mercado. E por ‘exposição’ eu NÃO me refiro a ficar com uma ordem aberta, mas sim, ficar acompanhando o mercado, de olho o tempo todo, praticamente um viciado em operar. Isso é bastante prejudicial, é destruidor.


Infelizmente todos os dias milhares de traders iniciantes entram e saem desse mercado, sendo que muitos deles começam acreditando na falácia de vendedores de ilusão. A grande maioria busca operações mais rápidas, e é raro ver um novato pensar em operar pouco e buscar um lucro pequeno, mas consistente, que no longo prazo se tornará em um patrimônio enorme e duradouro.


Até corretoras influenciam hábitos errados de trading, ao disponibilizar para os clientes ferramentas cada vez mais fáceis de operar em alta frequência, ou para arriscar mais. Também há inúmeros seminários, webnários, salas de negociação, cursos ao vivo, todos mostrando técnicas de operar bastante e diariamente. Para as corretoras isso é muito lucrativo, já que mais ordens gerarão mais custos com spreads, comissões e swaps. Essa é a dura realidade do mercado. Os clientes que operam pouco, arriscam pouco, passam dias com suas ordens abertas esperando o mercado se decidir, esse tipo não dá tanto lucro para as empresas, e são os que de fato ganham dinheiro no mercado. Aqueles que operam muito, os que abrem inúmeras ordens, esses são os que ALIMENTAM o sistema.


Se escolher operar dessa forma, você estará inevitavelmente entrando para a estatística cruel dos mais de 90% infelizes que entram e perdem suas economias operando. Faça a diferença, seja a diferença. Para chegar aonde muitos não chegam, faça o que muitos não fazem. Uma pesquisa rápida na internet e você verá as toneladas de assuntos sobre estratégias de negociação rápida e frequente, mas verá o grande contraste que há com as técnicas mais tranquilas de abordar o mercado, essas são muito poucos pesquisadas.


Outra coisa importantíssima é saber que ter PACIÊNCIA no trading é vital. Isto é, se você não tem paciência, busque conseguir, pois sem ela você não terá sucesso, irá perder seu dinheiro para aqueles que sabem esperar. O grande investidor Warren Buffet disse: “O mercado é uma máquina de transferir dinheiro dos impacientes para o bolso dos pacientes.” Usar formas de operar nas quais se abram muitas operações o coloca automaticamente como impaciente, não importa o que te digam.


O argumento mais falho que já ouvi, e que até hoje me dói os ouvidos escutar é o seguinte: “Eu não tenho paciência, por isso o estilo que mais se adequa a meu perfil é fazer operações rápidas!”.


Não tenho palavras para afirmar o quão ERRADO é pensar assim. Fico triste ao ver inúmeros, ÍNÚMEROS traders ao longo dos anos ficando pelo caminho por acreditar nessas mentiras. Já tive duras discussões com pessoas incentivando essa prática, alegando se tratar de apenas mais um “estilo de negociação”.


Veja bem, tudo que vai contra princípios básicos de trading não é “estilo de negociação”, mas sim prática errada de trading, que leva inevitavelmente ao fracasso. Então, qualquer forma de operar que use técnicas inadequadas levará você ao fracasso. As técnicas ideais para negociar você aprenderá nesse livro, por isso insisto para estudar e operar baseados nos princípios trazidos aqui no curso. Princípios seguros e adequados, ensinados ao longo de décadas de trading por grandes operadores de sucesso, e que se utilizados de forma disciplinada, o colocarão a toda velocidade a caminho da independência financeira.


QUAL O FOCO DO LIVRO?


Nesse material eu vou te guiar pelo processo de entender sobre Price Action, ou Análise Gráfica. Esse ramo é estudado há décadas, e extremamente utilizado no mundo todo. Não são apenas traders de varejo que usam os movimentos do preço como base para tomar suas decisões. Muitos fundos de investimento, diversos traders institucionais, e grandes especuladores do mercado financeiro também aproveitam a simplicidade e alta capacidade de estabelecer um sistema simples e poderoso usando conceitos práticos da pura e simples Ação do Preço.


Além disso, entender como o preço se movimenta ao longo do tempo é BASE para outras abordagens. Praticamente todos os indicadores usam o preço como fonte de suas informações. E a própria análise fundamentalista tem diversos índices que consideram um peso significativo à variação da cotação dos ativos negociados.


Portanto, ainda que sua pretensão seja usar uma abordagem diferente da pura ação do preço, ou ainda que você deseje ter uma estratégia com uma análise mista, não tenho dúvidas de que você se dará MUITO melhor, se aprender tudo que precisa sobre Price Action. E mais, tenho convicção de que quando você perceber que o simples é o que funciona, então ficará óbvio que operar com base na ação do preço no gráfico se sobressai e muito de outras análises.


Mais abaixo você encontrará o link para a próxima aula


 

ABRA SUA CONTA NA MELHOR CORRETORA DE FOREX


Caso você queira começar a operar no Forex, abra uma conta demo ou conta real na IC Markets, a melhor corretora de Forex atualmente. Spread praticamente zero, aceita depósitos baixos, tem o gráfico correto do Forex (alinhado com Nova York). A IC Markets é a corretora que eu uso e recomendo. Basta clicar na imagem abaixo.



Veja como abrir uma conta DEMO através desse tutorial

Caso queira abrir um conta REAL, veja esse outro passo a passo.

Use o código 39427 no campo "Corretor Afiliado", e conte comigo para o que precisar. Estou à disposição para te ajudar nesse início da caminhada de trader profissional


 

COMENTE


Gostou desse texto? Tem alguma dúvida, crítica ou elogio? Deixe um comentário abaixo. Gosto muito de um feedback dos leitores, pois isso me ajuda bastante a sempre manter o site com ótimos conteúdos.

 

LINKS IMPORTANTES


Estúdio de Análises AO VIVOclique aqui

- Canal Eu Sou Trader Investidor no YouTube, clique aqui

- Grupos de Whatsapp e Telegram, clique aqui

- Meu Whatsapp: (81) 999258963


E se tiver alguma dúvida, não hesite em me contatar ;D


Um grande abraço e fiquem com Deus.


Enéias Nascimento

Trader Investidor

 

<< Capítulo Anterior

Próximo Capítulo >>



AVISO

Isenção de responsabilidade

Todo conteúdo publicado neste site baseia-se no direito de expressão garantido nos arts. 5º, IV e 220 da Constituição Federal de 1988. Não somos analistas de investimentos nem consultores financeiros licenciados. Nenhum ativo e/ou estratégia de investimentos aqui mencionados devem ser considerados indicação de investimento. Este site representa apenas opiniões e decisões pessoais, que podem não ser apropriadas para outros investidores. Por favor, use o bom senso e/ou consulte um profissional de investimento certificado antes de investir seu dinheiro. O Eu Sou Trader Investidor e os seus criadores não são responsáveis pelos resultados de suas decisões, nem responsáveis pelos comentários postados pelos leitores ou pelo conteúdo de quaisquer sites vinculados. Este site deve ser visualizado apenas para fins educacionais ou de entretenimento. Resultado passado não é garantia de resultado futuro. Forex é um ambiente de alto risco, onde a alta alavancagem permitida pelas corretoras pode fazer o trader ter grandes perdas. Por isso sempre aja consciente, sabendo gerenciar o seu risco.