Ouro e USDJPY Prestes a Confundir os Desavisados – E o Estigma de Agosto nos Mercados

Nenhuma imagem ou texto devem ser tomados como indicação de investimento. Todo o conteúdo a seguir deve ser visto apenas com fins educacionais


Os antigos no mercado financeiro costumam dizer que o mês de agosto é o pior para investimentos. Por quê? Acreditam que é devido ao período do ano no hemisfério norte, em que as férias de verão se encerram, e mais um ano letivo se inicia. Lá eles têm dessas coisas. Vai entender... Mas estatisticamente, as bolsas não respondem bem ao mês do imperador romano Augustus Cesar, isto é, a maior parte dos meses de agosto ao longo dos anos tem sido pior. Isso reflete no trading, gerando uma certa volatilidade mais aleatória, com dias bastante movimentados, e outros bem menos interessantes. Algumas tendências quebradas, outras indecisas. É um período de fogo para muitos operadores. Já ouvi dizer também que essa época do ano tende a ser um momento em que muitos objetivos e metas para o final do ano ficam claros que não serão atingidos, e assim as pessoas ligam o botão do “Ah, não tô mais nem aí! Hora de ‘aloprar’!”


E como você pode evitar cair nessa armadilha? Pois bem, independente se você está empolgado ou não com suas metas, ou se você não dá a mínima pra essas estatísticas de agosto, certifique-se de ter um plano e de segui-lo à risca independente do período. Use essa análise como auxílio educacional e de aprendizagem para identificar os melhores pontos e direções do mercado. E se quiser passar esse mês de agosto testando e aprendendo a operar mais, use e abuse da conta demonstrativa na Vantage Markets, montando um plano e operando na demo, usando essas análises como base para seus trades. Você tem muito a ganhar.


Pontos de Discussão – Ouro


Finalmente, o ouro fez um movimento digno de Price Action bem estabelecido. Caiu, caiu, e não demorou pra retrair e testar a região mais interessante para oportunidades de venda, 1765.00 dólares por onça. O que eu achei muito interessante foram os sinais de alta que ocorreram nessa retração. No dia 21/07 um engolfo de alta com falso rompimento de suporte, depois alguns dias de consolidação geraram duas inside bars, e foi nessa hora que eu acompanhei de perto pra ver se viria um falso rompimento pra cima, ou seja, o preço subir e depois cair voltando pra consolidação. Nossa, se isso acontecesse, o ouro tinha tudo pra cair vertiginosamente já dali mesmo de 1725.00. Mas não foi o que ocorreu. Bem, até teve um falso rompimento, mas pra baixo, isto é, o preço incialmente caiu abaixo da consolidação e depois subiu com certo vigor por 3 dias consecutivos até o preço de fechamento da semana, 1766.00.


Nesse ponto, você já deve ficar alerta. Veja na imagem abaixo, no gráfico Diário do ouro, como o preço se encontra em uma região que já foi suporte há alguns meses, no final de 2021. Além disso, uma LTB passa exatamente ali onde o preço está, e assim a expectativa do mercado é que venha uma queda acompanhando a maioria vendedora que se estabeleceu desde início de março desse ano. Veja também como o indicador Stochastic mostra o preço sobrecomprado, que é um prenúncio de queda iminente. Bom, não preciso dizer que esse é um ponto ótimo para oportunidades de venda. Se seu plano segue tendência, olhos abertos, bem abertos ao que pode vir nos primeiros dias dessa semana.


Uma possível armadilha ali presente fica por conta da região logo acima de 1765.00, precisamente em 61,8% de Fibonacci, pois está muito claro que é uma zona de interesse forte. Veja nas imagens abaixo como essa região alternativa parece um ‘pavão’: você percebe que ele está ali e olha em sua direção, quando de repente ele se abre todo, mostrando suas penas reluzentes e acentuadas. É a sensação que senti quando olhei a zona de 1800.00 e comecei marcar os fatores mais fortes:


- Suporte virando resistência (mais recente que o anteriormente citado)

- 61,8% de Fibonacci bem em cima

- Número redondo (1800.00)

- Banda Superior das Bollinger Bands

- Média de 100 períodos (SMA) passando por ali


Daí me veio o pensamento que só valeria a pena uma venda no ponto de agora, 1765.00, se o sinal fosse gritante, como é o pavão do 61,8% de Fibo. Assim, qualquer dúvida quanto à força de queda nesse momento, acredito ser prudente esperar pra ver se busca mesmo 1800.00.


Veja no gráfico de 1 hora como o preço vem forçando a barra em impulsões de alta bastante equivalentes (tamanho próximo). Uma terceira e última onda de impulsão pode encostar justamente a região de 1800.00, partindo de um nível como os marcados no gráfico de 1 hora 2/2. Chegando lá no ‘pavão’, qualquer sinal de venda, ainda que simples, será tido pelo mercado como um grande “#partiuqueda”.


Calendário Econômico para a Semana


Essa semana teremos notícias de alto impacto para o dólar americano e para o dólar canadense (que costuma ajudar a volatilidade do ouro). Para o USD teremos notícias fortes quase todo dia, exceto na quinta-feira. E não é demais lembrar que sexta-feira tem Payroll americano. Portanto, atenção ao calendário econômico abaixo.


USD

- Segunda-feira, 01 de Agosto de 2022, às 11:00 – Nível da economia industrial americana na visão dos administradores de compras

Divulgação de pesquisa com especialistas no setor industrial, que respondem classificando a quantas andam a produção, comércio, preços, entregas, entre outras atividades das indústrias. Isso tem potencial de gerar uma expectativa no mercado e boa volatilidade.


- Terça-feira, 02 de Agosto de 2022, às 11:00 – Pesquisa de Vagas de Trabalho

Número de vagas de emprego, exceto indústria. Apesar de não ser tão impactante quanto às outras notícias previstas, o mercado tende a andar um pouco. Como correlação, se melhora a economia americana e o dólar sobe, o ouro tende a cair.


- Quarta-feira, 03 de Agosto de 2022, às 11:00 – Nível da economia americana na visão dos administradores de compras, excluindo indústria

O mesmo da segunda-feira, mas aplicado a serviços


- Sexta-feira, 05 de Agosto de 2022, às 09:30 – Non-Farm Employment Change – Antigo Payroll

É a famosa divulgação do número de pessoas trabalhando, devidamente empregadas, excluindo setor agrícola/industrial, ou seja, empregos “urbanos”. Na verdade, o que é divulgado é a variação nesse número. Toda primeira sexta-feira do mês. Um dos indicadores mais fortes do mercado, com grande poder de gerar volatilidade.


CAD

Teremos a divulgação do “Payroll” canadense, e como é liberado junto com o americano, o mercado fica mais atento aos variação do número de empregos na terra do tio Sam.


Ouro – Gráfico Diário – 1/3


Ouro – Gráfico Diário – 2/3


Ouro – Gráfico Diário – 3/3


Ouro – Gráfico de 1 Hora – 1/2


Ouro – Gráfico de 1 Hora – 2/2



Pontos de Discussão – USDJPY


Desde a pandemia de 2020, portanto há mais de 2 anos, o USDJPY não caía tanto, e que bela queda, viu? Foram quase 7 mil pontos em duas semanas. Vamos ver se você está ligado. Esse seria um sinal de reversão forte ou fraco? Respondeu? Agora eu te pergunto: que reversão? O ativo está em pleníssima tendência de alta, e você pensou em reversão, sério mesmo?? Bom, se você já acompanha as análises por aqui há algum tempo, deve ter percebido a pegadinha. Abre os olhos! Essa queda tem tudo pra ser uma correção, e não a tão sonhada virada que muitos esperam.


Dá uma olhada no gráfico Diário mais abaixo. Veja como o preço se aproximou da região que tinha sido resistência em maio desse ano. Ali, exatamente ali, é o ponto de maior destaque desse ativo. Sim, é ali que teremos uma zona de briga que pode ser decidida já nos próximos dias dessa primeira semana de agosto. Como você leu no começo do artigo, esse mês do ano tende a dar alguns sinais bastante aleatórios, então temos uma certa amplitude na região de segurança, levando-nos a analisar bem onde colocar os stops de prováveis sinais de compra. Um pouco mais abaixo nesse artigo temos uma imagem do gráfico de H1 no USDJPY, mostrando como o preço ainda não está tão bem sobrevendido no Stochastic. Esse é um sinal de que ainda há espaço pra investidores realizarem lucros de anos de tendência de alta. Ali, bem na região de 131.500, acredito ser a melhor zona para chances de compra satisfatórias. Além de ter como meta plenamente alcançável a região de 146.000, topo histórico no gráfico Mensal, stops podem ficar relativamente curtos, em vista da relação risco/retorno enorme.


Operações de day trade podem visualizar alvos de curto prazo em 134.900 e 136.000, visando algum sistema de proteção de ordem no breakeven, ou mesmo parciais pra garantir algum lucro. Após isso, se de fato o dólar melhorar sua performance diante do iene, a busca por 146.000 será linda. E ainda temos 10 mil pontos de espaço pra o preço andar até o alvo máximo plausível. Eita, lelê...


Calendário Econômico para a Semana


Apenas notícias para o USD nessa semana, conforme já escrito na análise do ouro. Não temos notícias para o iene previstas. Então, atenção ao dólar.



USDJPY – Gráfico Diário


USDJPY – Gráfico Mensal


USDJPY – Gráfico de 1 Hora


COMECE A OPERAR HOJE MESMO


Aproveite as vantagens para abrir uma conta demo para testar, e faça pelo link abaixo


Abrir uma conta agora